16 de outubro de 2010

ONDE ESTÁ A SOCIEDADE HUMANITÁRIA?

Quando os brasileiros falam de política, falam de políticos. Algumas vezes, em planos de governo, mas ainda sim, isso deveria ir além. A política necessita ser humana. Falar sobre sistemas, sociedade, sobre modo de viver, sobre gerações e sobre a história do nosso mundo, não somente do país. Isto porque, a política é quem estabelece o modo com que vamos viver, sem nos darmos conta disso.

Nascemos dentro de um mundo criado e por esta razão, ele nos parece certo. A humanidade adoeceu, quando o dinheiro passou contaminar. Na maior parte da vezes, culpamos os políticos por sua ganância e alienação, mas não paramos pra pensar que eles também são frutos do sistema criado por nós mesmos – afinal, se votamos em um, para não votar em outro, estamos concordando com aquele que demos nosso apoio.

Me surpreende como as pessoas, principalmente de um senso cultural mais elevado, ainda pensam em votar se não estão de acordo com o circuito de planejamento governamental. Dá pra ver nitidamente que o capitalismo não funciona na sociedade humana. Fatos históricos já comprovaram isto. Desde a idade média, onde a busca pelo ouro e riqueza matou inúmeros pagãos inocentes, devido ao totalitarismo da igreja católica, que nada mais era que um capitalismo religioso. E dentro da história do nosso país, quando os jesuítas adestraram nossos irmãos índios para que obedecessem fielmente às suas ordens, dominando suas riquezas naturais e tomando posse do “poder”. Poder... Que poder tem o homem perante Deus? Poderia ter algum se, por um acaso, se unisse à Ele. Há ainda a ditadura de Médici, que engordava os fundos presidenciais enquanto aumentava uma dívida externa desnecessária. E o Brasil, para os mais ignorantes, estava crescendo, estava avante, pátria indomável e líder mundial.

Hoje a história se repete. E nós estamos sendo prova disto. A irmã de uma amiga, com síndrome de down, foi retirar um remédio da Farmácia DIR III, pela qual o governo fornece medicamentos de grande custo gratuitamente. Mas onde estava o remédio? A secretária do local pediu desculpas e disse que isto nunca havia ocorrido. Desculpas não vão dar continuidade ao tratamento da inocente criança. E aonde está o dinheiro? Campanhas eleitorais geram um custo absurdo e quem paga por isto é o povo. Com tanta grana, fica fácil manipular todas as mídias possíveis e existentes em um país. Uma página no MSN Hoje custa barato para o orçamento que se levantou. Uma assessoria de imprensa bem paga dá conta do recado para os principais jornais de cada estado do país. Notícias falsas por todo o lado, o IBOPE mentiroso que manipula a mente dos eleitores com seus dados “incrivelmente reais” – um verdadeiro marketing viral! Viral porque nós acreditamos e espalhamos a notícia, caindo totalmente na brincadeira e abraçando a idéia.

Comunidades do Orkut, YouTube, Twitter, Facebook. Todos acabam se tornando uma ferramenta com um único objetivo: promover a imagem do excelentíssimo candidato e fixar a sua marca, ou atacar seu rival. Os usuários dessas redes, disseminam os conteúdos pelos quais foram afetados e acabam se tornando o próprio veículo que transmite a mensagem hipócrita de que tanto falam. A política é a publicidade que mais funciona nas mentes fracas.

Eu voto nulo. E não é porque o Serra já deixou nossa saúde pública um caos, quando ministro. Não é também porque a Dilma disse que o meio ambiente é uma ameaça ao desenvolvimento. Também não é pelo motivo de que o PSDB privatizou o ensino do nosso país, só para deixar o povo mais burro e fácil de ser manipulado. E muito menos porque o PT quebrou sigilo bancário para poder “saldar” a dívida externa, fazendo com que o Brasil ficasse devendo mais ainda para os bancos estrangeiros. É porque eu tenho amor à humanidade e ao mundo em que eu vivo. Por causa que, como eu já disse há pouco, está claro que o capitalismo não funciona para o homem. Nem o comunismo, nem o socialismo contemporâneo (que envolve dinheiro e economia), nem a anarquia que, como já dizia Karl Marx, é pura burrice. Sou contra sistemas, porque acho que sistema é diferente de sociedade. Nós já temos tudo o que precisamos, faltou o homem ter ciência disso.

Pensar emburrece.